Economia Criativa no Conic

Presencial: 11 de dezembro – Feira no Subsolo do Conic – Entrada franca

Online: Instagram @sub_bsb – Lojas online

circuito sustentavel conic brasilia 2.jpg

Fotos de Júlia Ribeiro e Katarina Silva: bit.ly/CircuitoSustentavelConic

A Economia Criativa do Conic se reinventa e cria oportunidades online para o Natal em diálogo direto com o coração de Brasília. O Setor de Diversões Sul respira a resistência cultural há décadas, com a cultura brasiliense como força motriz de batidas aceleradas.

O centro que mantém a tradição de seu propósito original mira também no futuro, talvez um dos segredos de sua longevidade. Este é o mote da economia criativa, que agora ganha edição híbrida, da seguinte maneira:

1 – Ação presencial com o “Circuito Sustentável” no dia 11 de dezembro (sábado) de 12 às 17 horas no Subsolo do Conic (Ao lado da Casa do Chocolate);

2 – Ação online no @sub_bsb www.instagram.com/sub_bsb/ onde o cliente escolhe o produto desejado e seguida envia uma DM (mensagem direta) para a página do Instagram, que vai combinar a entrega;

“O comércio singular da cultura local é repleto de lojas, brechós e encontros. As feiras de vinil, os eventos de skate e os encontros de brechó antes da pandemia eram eventos frequentes que embalavam as manhãs e tardes de sábado, formando um grande ponto de encontro de trabalhadores da economia criativa e de consumidores do local”. Conta Kaká Guimarães, que atua na área há 6 anos.

“Com a pandemia, os últimos 15 meses foram amargos para quem dependia desta cadeia produtiva para tirar seu sustento. Mas parece que agora, depois de uma ampla vacinação e a queda dos números de infectados, o comércio começa a vicejar.” Completa o produtor.

E foi pensando nisso que lojas, brechós e feiras do local, buscam novas formas de impulsionar suas vendas para o mês de dezembro e o Natal. Foi o mote para que a página do @sub_bsb, antes voltada a divulgação de festas e eventos no local, agora lança o foco para a venda online de produtos oferecidos por esta rede de parceiros. A partir do dia 11 de dezembro, será possível os consumidores retirarem no Conic, os produtos comprados via internet na página do @sub_bsb

Estão confirmadas as presenças de Aleatórias, Brechó Anatê, Brechó do BINE, Brechó Touche, Fábrica de Brechó, Loja BEE, Sem Ciranda, Ao Desapego, Funhouse Discos (loja de vinil), Take Over (loja de skate), Filial do Rock (loja de discos), Mercadinho do Natinho (loja de camisetas) e Cultura Verde (tabacaria), Lixo Mania e Brechó do Óculos.

O projeto já reuniu inúmeras feiras na Praça do Conic e se afirma como um aplicado diagnóstico da produção independente nos quatro cantos do Distrito Federal. A ação também trouxe peças para a Sala Conchita de Moraes, que culminou na realização de Monólogos on line, exposições e semanas de capacitação e ações de grafitagem, que agora nessa retomada, ganha ressignificação depois de um longo hiato. 

O projeto Circuito Sustentável é financiado pelo Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC-DF) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal.

Circuito Sustentável
Data: 11 de dezembro (sábado) de 12 às 17 horas
Local: Subsolo do Conic – Ao lado da Casa do Chocolate (SDS – Setor de Diversões Sul)
Entrada franca
Classificação: Livre
Informações: Instagram sub_bsb

Online: 

No Instagram @sub_bsb
www.instagram.com/sub_bsb/
Cliente escolhe o produto desejado
Envia uma DM (mensagem direta) para combinar a entrega.
Assessoria de Imprensa:


Renato Acha
Acha BrasíliaFone: (61) 99326-6390 
E-mail: achabrasilia@gmail.comEndereço: QRSW 07 – Lote 03 – Sala 204 – Edifício Verdes Mares – Sudoeste – CEP 70.675-700 – Brasília – DF

No dia 09 de dezembro, a concentração do tradicional comboio será no icônico shopping, com animação com personagens natalinos

Foto Divulgação

Nesta quinta-feira, dia 09 de dezembro, o Conjunto Nacional será o ponto de partida da tradicional Caravana Iluminada da Coca-Cola, que seguirá seu cortejo pela Asa Sul, às 19h30. Mais uma vez, o icônico shopping recebe o comboio, que vai permanecer por 30 minutos no local. Para o “esquenta”, haverá distribuição de balões e muita diversão com a presença de personagens natalinos, a partir das 18h30. O ponto de encontro será na Praça Lúcio Costa, em frente ao Shopping.

Com o tema “Natal A Magia Acontece”, a carreata desembarca no centro de compras, com a presença do Papai Noel, das Noeletes e, claro, do esperado Urso Polar. Este ano, como ação social ligada ao evento, a Brasal Refrigerantes, fabricante da Coca-Cola, irá doar fraldas geriátricas ao Instituto Integridade, responsável pelo Lar dos Velhinhos Maria Madalena, localizado no Núcleo Bandeirante. 

“Mais que o encantamento proporcionado pelos belíssimos veículos da Caravana, o evento tem um caráter solidário, o que condiz com os valores da Ancar Ivanhoe, empreendedora do Conjunto Nacional. Nós abraçamos a ação não só como ponto de partida nesta quinta-feira, mas com a doação em dinheiro ao Lar dos Velhinhos Maria Madalena, que será convertida na compra de fraldas geriátricas”, contou Giuliano Bragaglia, Superintendente do Conjunto Nacional.

Nessa edição, a caravana terá 10 veículos, sendo um deles um caminhão com telão de LED e o aguardado caminhão cenário que abriga o Papai Noel, as Noeletes e o Urso Polar. Todo o percurso da Caravana de Natal Coca-Cola pode ser acompanhado em tempo real pelo app “Retornável”.

SERVIÇO: Caravana da Iluminada Coca-Cola no Conjunto Nacional

Data: Quinta-feira, dia 09 de dezembro de 2021

Hora: Concentração com personagens natalinos a partir das 18h30. Chegada do comboio às 19h e saída às 19h30.

Coletivo Samba Quilomba

Na noite do dia 30 de novembro, o Coletivo Samba Quilomba lançou o manifesto contra a violência da mulher e de gênero nas escolas de samba. O local que acolheu o movimento foi o Sindicato dos Eletricitários, na Liberdade, e contou com a presença do presidente Chicão que garantiu que a luta não é só da mulher, tão pouco somente das escolas de samba, mas também de toda uma sociedade.

Com a benção da madrinha do Coletivo,  a deputada Leci Brandão deu seu aval para que se construa políticas públicas efetivas na garantia de direitos para as mulheres e todos os gêneros que sofrem com a violência diária. A deputada que não pôde estar no evento garantiu, através dos seus assessores, uma fala contundente de apoio e empatia a todos que sofrem com essas barbáries.

Momentos antes do início do evento, a doutora Gabriela Sequeira Kermessi, que trabalha com as questões de gêneros há alguns anos e faz parte do Coletivo, teve um caso de feminicídio nas mãos. ” Isso demonstrou a necessidade de dar continuidade ao trabalho, o que nos emocionou sobremaneira, Talitha Rodrigues Farias foi mais uma vítima de um sistema que não aceita os corpos das mulheres”, desabafou a advogada.

Mais dois relatos também emocionaram a todos, o da fundadora do Coletivo Juliana Fênix, vítima de violência por parte de seu ex-marido, e da jornalista Tânia Moreira, da Batucada Feminina, que sofreu agressão na concentração, minutos antes de entrar na avenida.

Rose Marcondes, neta de Madrinha Eunice, fundadora da Lavapés, esteve presente. Demonstrando o quanto o samba é matriarcal e precisamos falar dessas questões com mais frequência para garantir espaço para todos. Além dela, Camila Patricio, sambista e idealizadora do projeto SP SAMBA junto com a Liga das Escola de Samba de São Paulo.