De acordo com a Junta Comercial do Distrito Federal, só em janeiro deste ano foram abertas 1.132 empresas, 64% a mais que no mesmo período do ano anterior

A maior dificuldade para quem está começando um negócio é conseguir recursos para abrir a empresa e mantê-la em funcionamento nos primeiros meses. Segundo o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), 1 a cada 4 empresas encerram às atividades antes de completar 2 anos de existência.
Quem já se arriscou a empreender sabe que os custos não são poucos. Aluguel, condomínio, IPTU, água, luz, internet, serviço de secretariado, limpeza e manutenção. São tantos gastos que muitas pessoas acabam desistindo ou adiando o sonho de se tornar donos do próprio negócio, na hora de colocar tudo na ponta do lápis.
A onda dos escritórios virtuais tem contribuindo para a reversão deste cenário. O serviço tem viabilizado aos novos empreendedores, que não possuem capital inicial, a possibilidade de terem um endereço fiscal e comercial com localização estratégica, sem ter que gastar muito para isso.
De acordo com o empresário Saulo Da Rós, CEO da SMART Escritórios Inteligentes, a economia gerada com a contratação desse tipo de serviço no Distrito Federal, pode chegar a R$ 3.200,00 mensais. “As pessoas já entenderam tamanha economia e praticidade que os Coworkings oferecem. Além de reduzir gastos desnecessários, a burocracia é reduzida a quase zero e no mesmo dia em que assina o contrato o empreendedor já tem seu escritório pronto para trabalhar. É uma tendência sem volta!”, analisa.
Toda essa comodidade acaba gerando reflexos positivos na economia local. Isso por que tendo menos preocupações com as contas do final do mês, o empreendedor se senti confiante em investir no desenvolvimento do negócio, expandido a sua atuação. Com isso, novos postos de trabalho para suprir a demanda dos serviços são criados gerando emprego e renda.
Sobre a SMART
A SMART Escritórios Inteligentes foi fundada em 2014. Com unidades na W3 Sul e W3 Norte em Brasília, e em Teresina (PI), a marca traz soluções flexíveis e inovadoras para os empresários, com estrutura para atender empreendimentos de todos os portes, profissionais liberais e autônomos em regime de home office. Serviços personalizados de acordo com suas necessidades, com contratos avulsos ou fixos. Os principais serviços oferecidos são: escritório virtual; endereço fiscal para o registro de empresas; locação de salas executivas, de reuniões e treinamentos; atendimento telefônico e outros. Informações: https://www.smartei.com.br/
Atendimento a Imprensa
Guilherme Vicente
(61) 9.8339-2593


Ecossistema colaborativo abre portas para parcerias e novos negócios


Empreendedores individuais, trabalhadores autônomos e liberais não têm resistido aos benefícios de trabalhar dentro de um coworking. A redução de custos, a flexibilidade na contratação/cancelamento dos serviços, e o desenvolvimento de uma rede de contatos são algumas das dezenas de vantagens que tem levado profissionais das mais variadas áreas a aderirem aos ambientes compartilhados.
Se antes, se instalar em lugares assim era vergonhoso, “hoje é sinônimo de inteligência. Você vai produzir mais, gastar menos e ainda fazer networking”, explica Saulo Da Rós, CEO da SMART Escritórios Inteligentes.
Conheça cinco profissões que estão tomando conta destes espaços:

1. Advogados
Os serviços de atendimento personalizado, gestão de correspondências e gerenciamento de agenda têm atraído cada vez mais advogados para os escritórios virtuais. Além disso, a possibilidade de receber clientes para reuniões em salas privativas com toda a infraestrutura de um escritório de alto padrão, a um custo cobrado só quando necessário, é outro atrativo para a categoria.

2. Arquitetos
Visitar obras, atender clientes, desenhar projetos. Se dividir entre tantas tarefas às vezes dificulta a gestão de um escritório comercial, por isso os arquitetos tem visto nos espaços de coworking a possibilidade de não terem que se preocupar com toda a trabalheira que um ambiente particular gera.

3. Contadores
Quem nunca precisou de uma mãozinha na hora de declarar o imposto de renda que atire a primeira pedra.
O contator é o profissional responsável por cuidar de toda a parte financeira, econômica e patrimonial das empresas. Logo, este é sem sombra de dúvidas o que mais pode se beneficiar dos escritórios virtuais, verdadeiras fontes de clientes.

4. Empreendedor Digital
A popularização da internet abriu caminhos para um novo modelo de comercialização de bens e serviços. Hoje é possível comprar qualquer produto sem ter que sair de casa. Os escritórios compartilhados são a opção ideal para os empreendedores digitais, que podem fazer parcerias, conhecer fornecedores e até mesmo clientes.

5. Jornalistas
Devido a convergência midiática, as redações das revistas, jornais, emissoras de rádio e TV tem ficado cada vez mais enxutas. Com isso, o número de jornalistas freelancers ou realizando assessoria de imprensa tem crescido muito nos últimos anos. Isso sem contar os que optam por criar projetos editoriais independentes.
A flexibilidade dos ambientes compartilhados e o ecossistema colaborativo permite a estes profissionais a realização das atividades jornalísticas, bem como a prospecção de novos clientes.
Sobre a SMART
A SMART Escritórios Inteligentes foi fundada em 2014. Com unidades na W3 Sul e W3 Norte em Brasília, e em Teresina (PI), a marca traz soluções flexíveis e inovadoras para os empresários, com estrutura para atender empreendimentos de todos os portes, profissionais liberais e autônomos em regime de home office. Serviços personalizados de acordo com suas necessidades, com contratos avulsos ou fixos. Os principais serviços oferecidos são: escritório virtual; endereço fiscal para o registro de empresas; locação de salas executivas, de reuniões e treinamentos; atendimento telefônico e outros. Informações: https://www.smartei.com.br/
Atendimento a Imprensa
Guilherme Vicente
(61) 9.8339-2593

Presente já na Asa Sul e em Teresina, marca brasiliense chega agora na Asa Norte
Os coworkings reúnem diariamente milhares de pessoas em diferentes lugares no mundo para poder trabalharem. No Brasil, estima-se que existam mais de 1.200 espaços assim. Destes, 38 estão no Distrito Federal, segundo o site coworkingbrasil.org.
O Censo Coworking Brasil, revelou que o setor gerou 7 mil empregos diretos e movimentou cerca de R$ 127 milhões de reais. O crescimento do mercado mostra que profissionais autônomos, pequenos e médios empresários estão repensando o ambiente de trabalho, dando preferência aos espaços compartilhados em vez de locarem a sua própria sala.
Pensando nisso, a SMART Escritórios Inteligentes, inaugurada em 2014 com o propósito de oferecer e democratizar o acesso a escritórios executivos de alto padrão, começou em 2019 um plano de expansão que já levou a marca para outra capital, Teresina (PI). Agora, em janeiro, mês em que comemora 6 anos de atuação no mercado, quem ganha o presente é Brasília, que receberá mais uma unidade, desta vez na 504 Norte.
“O mercado aqueceu bastante do segundo semestre do ano passado para cá. As pessoas com interesse em empreender estão buscando local para se estabelecer e na unidade da Asa Sul já não estávamos mais tendo salas para atender essa demanda”, comenta o empresário Saulo Da Rós, CEO da SMART Escritórios Inteligentes.
O novo espaço coworking de Brasília possui 1.200 m² com toda a estrutura necessária para que os coworkers possam focar no desenvolvimento do seu negócio sem precisar se preocupar com a trabalheira e burocracia que uma sala comercial gera. A unidade Asa Norte entra em funcionamento na próxima segunda-feira (27). A inauguração oficial acontecerá em breve.
Sobre a SMART

A SMART Escritórios Inteligentes foi fundada em 2014. Com unidades na W3 Sul e W3 Norte em Brasília, e em Teresina (PI),  a marca traz soluções flexíveis e inovadoras para os empresários, com estrutura para atender empreendimentos de todos os portes, profissionais liberais e autônomos em regime de home office. Serviços personalizados de acordo com suas necessidades, com contratos avulsos ou fixos. Os principais serviços oferecidos são: escritório virtual; endereço fiscal para o registro de empresas; locação de salas executivas, de reuniões e treinamentos; atendimento telefônico e outros. Informações: https://www.smartei.com.br/
Atendimento a Imprensa
Guilherme Vicente
(61) 9.8339-2593

Crescimento foi de 25% em relação ao ano anterior, segundo o Censo Coworking Brasil 2019

Crises para uns, crescimento para outros. O mercado de coworking no Brasil surfou na onda da crise econômica nos últimos anos. Isso por que cada vez mais empresas estão buscando reduzir custos com o negócio. para não precisar cortar na mão de obra a alternativa tem sido optar por se instalar em endereços mais baratos, mas sem perder a localização estratégica.


Corte de gastos com energia elétrica, água, limpeza e atendimento também estão entre as vantagens oferecidas pelos espaços compartilhados, que dispõe ainda de outros serviços e comodidades.  
De acordo com o último senso do seguimento, realizado pelo CoworkingBrasil.org, já são 1.497 espaços de coworking no Brasil, 303 a mais que no ano anterior. Deste total, 47 estão no Distrito Federal, que ocupa a 8ª posição no ranking dos estados, ficando atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná e Pernambuco. 

Para o empresário Saulo Da RósCEO da SMART Escritórios Inteligentes, este crescimento mostra que os coworkings são uma tendência sem volta. Estamos vivendo a era do compartilhamento de carros, casas, bens móveis, escritórios e serviços, e isso é bom para o desenvolvimento sustentável da economia do nosso país, afirma
A inteligência deste modelo de negócio tem fomentado uma economia muito grande para as empresas. Em alguns casos a contenção chega a 92%. Para quem está começando, as vantagens são ainda maiores. Todas as salas são mobiliadas, o que dispensa a necessidadede qualquer tipo de investimento inicial. Isso sem contar que o compartilhamento de escritórios acaba gerando networking e oportunidades de negócio dentro dos próprios coworkings.  

Presente no mercado brasiliense a seis anos, a SMART Escritórios Inteligentes deu início a um plano de expansão que levará a marca paraoutras unidades da federação. Em 2019 foi inaugurada a primeira unidade fora de Brasília, em Teresina, capital do Piauí. Este ano, a marca chega em Curitiba (PR). Na capital federal a segunda unidade, que já está em funcionamento, será inaugurada em março. 
Sobre a SMART 
A SMART Escritórios Inteligentes foi fundada em 2014. Com unidades na W3 Sul e W3 Norte em Brasília, e em Teresina (PI), a marca traz soluções flexíveis e inovadoras para os empresários, com estrutura para atender empreendimentos de todos os portes, profissionais liberais e autônomos em regime de home office. Serviços personalizados de acordo com suas necessidades, com contratos avulsos ou fixos. Os principais serviços oferecidos são: escritório virtual; endereço fiscal para o registro de empresas; locação de salas executivas, de reuniões e treinamentos; atendimento telefônico e outros. Informações: https://www.smartei.com.